Publicações

A Rede de Teleassistência de Minas Gerais, como uma rede universitária, tem se preocupado em desenvolver diferentes estudos para comprovar os benefícios da telessaúde. Está cadastrada como grupo de pesquisa do CNPq e da Fapemig. Recebe financiamento da Fapemig, CNPq e FINEP. Os estudos envolvem aspectos epidemiológicos, assistenciais, avaliação do uso do serviço, desenvolvimento de avaliação de aplicativos para a melhoria da qualidade da assistência e estudos econômicos.

Temas Livres

Trabalhos completos publicados em anais de Congressos

2013 Frequent Electrocardiogaphic abnormalities and associated conditions in Chagas disease patients Ferreira L, Marcolino MS, Palhares DMF, Assis LGP, Alkimin MB, Ribeiro ALP. Frequent Electrocardiographic abnormalities and associated conditions in Chagas disease patients. In: Annals of the 40th International Congress […]

Saiba mais

Teses e Dissertações

Teses e dissertações em andamento

Aplicativo para triagem de pacientes com possível Acidente Vascular Cerebral em unidade de suporte básico. Mestrado em andamento no Programa de Pós-graduação em Infectologia e Medicina Tropical Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil. Pesquisador: Lorenn Lages Gusmão Orientador: Antônio […]

Saiba mais

Teses e Dissertações

Teses e dissertações

Avaliação do impacto da telemedicina no manejo das síndromes coronarianas agudas: revisão sistemática e meta-análise. Mestrado em Infectologia e Medicina Tropical Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil. Pesquisador: Luciana Marques Maia Orientador: Antônio Luiz Ribeiro Co-orientador: Milena Soriano Marcolino […]

Saiba mais

Artigos

Coordinated regional care of myocardial infarction in a rural area in Brazil – Minas Telecardio Project 2

Marino BCA, Ribeiro ALP, Alkmim MBM, Antunes AP, Boersma E, Marcolino MS. Coordinated regional care of myocardial infarction in a rural area in Brazil – Minas Telecardio Project 2. European Heart Journal – Quality of Care and Clinical Outcomes DOI: […]

Saiba mais
EnglishPortuguese